top of page

Como se adaptar ao Mundo VUCA na Educação Corporativa




Você certamente já deve ter ouvido alguém falar que estamos “vivendo em um Mundo VUCA”. Mas afinal, o que é isso?

O termo VUCA teve origem na década de 1990 e foi utilizado pelo Exército Americano para descrever o momento de incertezas vividas no pós Guerra Fria.


Em inglês, o termo descreve a:


Volatility (Volatilidade)

Ancertainty (Incerteza)

Complexity (Complexidade)

Ambiguity (Ambiguidade).


Embora tenha em torno de 30 anos, o termo ainda se adequa muito bem ao cenário em que vivemos: Rápidas transformações, avanços tecnológicos cada vez mais constantes e muitas incertezas a respeito de tudo o que acontece ao nosso redor.


Entender o Mundo VUCA e seus impactos na Educação é certamente um diferencial para se destacar nesse cenário. Por isso, vamos aprofundar um pouco mais sobre cada uma das características destacadas através do termo e entender como elas podem impactar na educação:


Volatility (Volatilidade)


A Volatilidade refere-se à velocidade com que as coisas mudam e a necessidade de se estar preparado para acompanhar e se adaptar a essas mudanças. Pode parecer batido, mas um exemplo muito recente disso foi a forma como a Pandemia do Covid-19 afetou o mundo e fez com que educação como um todo tivesse de se adaptar rápido ao ensino EAD.


Os impactos foram consideráveis, uma vez que, professores e alunos do ensino formal tiveram de aprender a lidar com ferramentas que antes eram pouco utilizadas ou até mesmo banidas da sala de aula.


Considerando que o EAD já é uma prática na educação superior e corporativa, os impactos sofridos podem ter sido menores. Porém, ainda assim, diante do isolamento social muitas universidades e organizações tiveram de se adaptar rapidamente, buscando formas de engajar e mostrar a relevância da educação mesmo diante de um cenário de certa forma, caótico.


Esse foi um exemplo recente de como um acontecimento pode afetar a educação e mudar as coisas muito rapidamente, mas além dele, podemos citar vários outros aspectos: A rapidez da transformação tecnológica e o acesso constante e fácil à informação são alguns dos aspectos que tem forçado a educação a repensar o seu modelo de atuação num cenário em que tudo muda, e muito rápido.

Ancertainty (Incerteza)


O mesmo acesso rápido a informação é o que muitas vezes causa a incerteza. Se tudo muda o tempo todo, temos dificuldades em prever consequências e tomar decisões. Viver em um mundo tão incerto e com tantas mudanças gera desconforto e dificuldades em prever o futuro.


Por outro lado, essa mesma incerteza gera uma imensidão de novas oportunidades para a educação: Se o futuro é incerto, as possibilidades são inúmeras e a educação deve buscar formas de apoiar o indivíduo na busca constante por conhecimento e capacitação para viver nesse mundo VUCA tão incerto e ainda assim, com tantas novas oportunidades que surgem a todo momento.


É hora de se reinventar e entender que o fácil acesso ao conhecimento transforma a educação e possibilita inúmeras formas de engajar o aluno ou aprendiz através do E-learning e ferramentas de engajamento como Storytelling, realidade aumentada e virtual, vídeos, gamificação e aplicativos que podem ser utilizados tanto no ensino à distância quanto no presencial.


É também a hora de desaprender para aprender e pensar em estratégias que coloquem o indivíduo como protagonista do seu próprio aprendizado, desenvolvendo autonomia no aluno ou aprendiz e o olhar de orientador no professor ou especialista de ensino, que passa a desempenhar um papel muito mais estratégico na jornada de aprendizagem que devem percorrer juntos.


Complexity (Complexidade)


As inúmeras possibilidades e constantes mudanças geram também um mundo de complexidade. Com tantas variáveis, inúmeros são os fatores que se interligam e precisam ser levados em consideração diante das situações que são vivenciadas.


A educação por si só já vive em um mundo de complexidade e com desafios constantes: Diferentes gerações e indivíduos com diferentes estilos de aprendizagem convivendo em um mesmo ambiente; diferentes estímulos recebidos no dia a dia através do fácil acesso à informação e que acabam “competindo” com a educação na busca pela atenção do aluno ou aprendiz, além da transformação tecnológica que acontece muito rápido e faz com que a educação precise se inovar com rapidez são apenas alguns desses desafios.


Todos esses desafios nos fazem compreender que existem muitos fatores internos e externos que estão correlacionados e podem impactar na educação. Entender esses fatores e como lidar com eles é um ponto importante para que a educação se destaque e possa sobreviver no mundo VUCA.


Ambiguity (Ambiguidade)


A ambiguidade é semelhante a incerteza, porém, ocorre por motivos diferentes: Enquanto a incerteza é fruto de informações incompletas, a ambiguidade é fruto da falta de clareza das informações e por consequência pode impactar na interpretação, análise de contextos e na escolha de caminhos a serem seguidos. Aliás, no mundo VUCA raramente existe um único caminho a ser seguido.


Como já foi citado, a educação vive um momento de transformação e a aqui novamente entra a necessidade de repensar a sua atuação. O cenário atual é muito inconstante, o mundo e o mercado de trabalho se modificam constantemente e o ensino precisa se adaptar dentro desse cenário.


Há um tempo atrás um indivíduo passava em torno de quatro a cinco anos estudando para estar apto a exercer determinada profissão.


Vejamos as variáveis que esse indivíduo enfrenta nesse contexto:


  • Ele normalmente não espera mais quatro ou cinco anos para ingressar no mercado de trabalho e quando espera, o conhecimento adquirido no início da formação pode não servir mais no momento em que ele for atuar;

  • Nesse mesmo período essa profissão pode sofrer grandes transformações e até mesmo deixar de existir ou, o mercado de trabalho inconstante pode exigir que esse mesmo indivíduo se reinvente e surge então, a necessidade de adquirir novos conhecimentos.


A Educação Corporativa e o Mundo VUCA


A educação precisa estar atenta a tudo o que ocorre e preparada para as inúmeras variáveis existentes, buscando recalcular a rota sempre que necessário.


Esse é um dos motivos pelos quais a Educação Corporativa vem ganhando cada vez mais espaço. Ela oferece a oportunidade de desenvolver as pessoas dentro de suas necessidades, sempre olhando para o negócio. E por ter esse olhar de negócio, é uma educação mais flexível e que se adapta mais facilmente ao mundo VUCA.


Além disso, já existem muitas discussões a respeito da educação formal e já são inúmeros os estudos e educadores que defendem uma educação mais flexível, com menos repasse de conteúdo e que se preocupe mais em desenvolver indivíduos autônomos, que adaptem mais facilmente a realidade em que estamos vivendo.


Esse é o mundo VUCA. Um mundo cheio de desafios, mas também com inúmeras oportunidades. Agora que você já conhece um pouco mais dele, convidamos a refletir:


Como a sua empresa se adapta diante desse cenário?


Comece treinando os seus colaboradores


A TOT, empresa de Educação Corporativa, se preocupa com os interesses e objetivos da sua empresa, e desenvolve treinamentos totalmente personalizados.


Além disso, disponibilizamos cursos de prateleira para as organizações que sentem necessidade urgente de atualizar o pensamento da equipe.


Se precisar de ajuda para elaborar um programa de Educação Corporativa transformador, conte conosco!


Temos um especialista te esperando no chat para elaborar uma estratégia eficaz e personalizada.



Comments


COPYRIGHT ® 2023. TOT EDUCAÇÃO CORPORATIVA. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
bottom of page